Quais são os personagens principais do livro O poço do Visconde?

O livro – Nova Edição (2020)

Em um livro chamado "O poço do Visconde", ele conta uma história do Visconde, Pedrinho, Narizinho, Emília, Dona e Tia Anastácia e toda a sua aventura em procurar Petróleo e lidar com o negacionismo de quem não acredita que no Brasil havia o precioso líquido.

Qual é a obra mais importante de Monteiro Lobato?

O Sítio do Picapau Amarelo

Monteiro Lobato (1882-1948) foi um escritor e editor brasileiro pré-modernista. Considerado um dos maiores autores de histórias infantis, sua obra mais conhecida é O Sítio do Picapau Amarelo, composta de 23 volumes.

Quantos livros o Monteiro Lobato escreveu?

Porém, foi após o nascimento dos seus filhos – Edgard, Ruth, Martha e Guilherme – que Monteiro Lobato decidiu se dedicar ao universo da literatura infantil. Ele escreveu 26 livros voltados para a infância, sem contar as crônicas, os romances e contos adultos.

Qual foi o primeiro livro de Monteiro Lobato?

Urupês

Em 1914, publicou seus primeiros contos e artigos no jornal 'O Estado de São Paulo', como 'Urupês' e 'Velha Praga', os quais fizeram parte de sua primeira obra, intitulada Urupês. Em 1917, Lobato editou sua primeira coletânea de contos, Urupês (1918), obra na qual criou o Jeca Tatu, um de seus personagens mais famosos.

Porque goreng foi para o poço?

A motivação de Goreng e Baharat, em enviar uma mensagem à administração do poço, tornou-se propósito. Um motivo para se viver. A mensagem inicialmente era criar um sistema em que todos se alimentassem, depois se tornou levar um prato de panna cotta até o nível 0.

O que o Visconde fez na biblioteca?

Erudito e atrapalhado, vive na biblioteca entre os livros, pesquisando e estudando sobre vários assuntos ou então fica em seu laboratório, localizado no porão da casa de Dona Benta, onde dá margem à sua criatividade para construir invenções.

Qual obra Monteiro Lobato criticou Anita?

O escritor brasileiro, famoso por muitas obras, entre elas o Sítio do Picapau Amarelo, visitou a exposição de Anita e não compreendeu o estilo artístico dela, comparando seus quadros aos desenhos “que ornam as paredes internas dos manicômios” e ainda a uma "arte anormal".

Que obra Monteiro Lobato criticou?

Era 20 de dezembro de 1917, quando o escritor Monteiro Lobato (1882-1948) publicou na edição vespertina do jornal O Estado de S. Paulo, “O Estadinho”, uma dura crítica ao trabalho da pintora Anita Malfatti (1889-1964). Tal crítica, abalaria a produção de Anita e mudaria os rumos da arte brasileira para sempre.

Qual é a religião de Monteiro Lobato?

Aguentou umas cinco ou seis falências; tentou descobrir petróleo no Mato Grosso; foi preso pela ditadura Vargas; de nietzscheano convicto, terminou "companheiro de viagem" do Partido Comunista; espinafrou Anita Malfatti e criou Emília, Pedrinho e Narizinho. Era ateu, progressista e racista.

Qual a obra mais famosa na literatura infantil?

5 clássicos da literatura infantil brasileira

  1. 5 clássicos da literatura infantil brasileira. …
  2. A Bolsa Amarela (Lygia Bojunga) …
  3. Marcelo, Marmelo, Martelo (Ruth Rocha) …
  4. O Meu Pé de Laranja Lima (José Mauro de Vasconcelos) …
  5. A História dos Pingos (Mary França) …
  6. O Menino Maluquinho (Ziraldo)

O que significa 333 no filme O Poço?

Todos os dias, preparada pelo nível zero (pela administração do poço), uma plataforma desce levando comida e parando por cerca de dois minutos em cada andar, até chegar ao nível 333 (último “suposto” andar do Poço).

Qual é a moral da história do filme O Poço?

A mensagem que o filme busca contar é clara: a solidariedade, no ser humano, não surge naturalmente. Mesmo sabendo que porções certas, na medida, permitiriam que outros colegas comessem melhor, os prisioneiros se esbaldam. Comem o máximo possível.

Qual é a história do Visconde?

Visconde era um homem alerta ao que se passava no Sítio e no planeta e, portanto, não vivia isolado. Pressupõe-se que suas idéias não se cansavam e ele vivia a inventar novas coisas para fazer. Ao representar o homem de ciência no Sítio, tem-se a impressão de que havia um movimento constante na obra e nas histórias.

Como era a Tia Nastácia?

Tia Nastácia é uma quituteira de mão-cheia. Braço direito de Dona Benta no Sítio, ela é conhecida por suas irresistíveis guloseimas, principalmente, por seu bolinho de chuva. Adora contar um caso e falar sobre suas experiências pessoais.

O que Monteiro Lobato escreveu sobre a Anitta?

Mais tarde, em 1950, Anita contaria que “um amigo de casa ameaçou meus quadros com a bengala, desejando destruí-los”. Nas folhas de jornal, Monteiro não economizou palavras para reconhecer que, apesar do “talento vigoroso” e “fora do comum” de Anita, a pintura, na verdade, produzia uma “arte anormal”.

Qual artista foi duramente criticado por Monteiro Lobato?

Dois anos depois, quando o texto é republicado, os modernistas Menotti Del Pichia e Mário de Andrade escrevem em defesa de Malfatti e afirmam que as críticas de Lobato teriam causado tal impacto na artista que esta passaria a apresentar um retrocesso no seu percurso poético-visual expressionista.

Porque Monteiro Lobato criticou Anitta?

“A principal crítica do texto 'Paranoia ou mistificação' se refere ao abandono da preocupação da artista em representar a realidade de forma tradicional”, afirma. “Essa atitude soava para Monteiro Lobato como uma tentativa de imitar artistas que despontavam na Europa à época”.

O que Monteiro Lobato falou sobre Anitta?

Mais tarde, em 1950, Anita contaria que “um amigo de casa ameaçou meus quadros com a bengala, desejando destruí-los”. Nas folhas de jornal, Monteiro não economizou palavras para reconhecer que, apesar do “talento vigoroso” e “fora do comum” de Anita, a pintura, na verdade, produzia uma “arte anormal”.

By admin